Archive for Februar, 2016

WD – LEKTION A – ARGENTINIEN

0

ARROGANTE GAUCHOS

Nach einer langen pause werd ich eine neue serie anfangen, und meine sprachsysteme präsentieren. Wer sich für den sprachlichen aspekt nicht interessiert, muss nur den teil in kursiv am anfang überspringen.
Das erste system, das ich im deutschen vorstellen werd, ist wunschdeutsch. Ich hab in meinen showlesungen 20 000 zuschauer über einzelne rechtschreibänderungen abstimmen lassen, und daraus ein basis-demokratisches deutsch kreiert. Insgesamt ändert sich nicht viel, es ist ein durchaus lesbares system.

(weiterlesen …)

HS – LESSON A – ARGENTINA

0

ARROGANT GAUCHOS

After a long break i’ll go on with the blog, and i’ll present my language and orthographic systems. I’ll do it alphabetically. If you’re not interested in the linguistic aspect, you just have to skip the part in italic at the beginning.
The first system i will present in english is the House Stile, usually shortened HS. It is the system the TESS, The English Spelling Society, voted to use – the members voted on all proposed single changes, although it is not used officially yet. The HS has actually only four rules: 1) cut redundant letters, 2) regularize short vowels (enny, uther, becum), 3) regularize long vowels (i will wate until i dont hav overwate ennymor), 4) F for F (telefone, paragraf, enuf – enuf is enuf!).

(weiterlesen …)

EU – LIÇAO A – ARGENTINA

0

ARROGANTE GAUCHOS

Nach einer langen pause fang ich eine neue serie an, dabei präsentier ich alle meine sprach- und orthografie-systeme, und zwar alphabetisch. If you’re not interested in the linguistic aspect, you can skip the part in italics at the beginning.
Normally there are short introductions and longer texts, but at this first time the introduction is much longer than the text about Argentina.
La méthode de présentation sera: yo voy presentar los textos con 5 lenguas diferentes, cada sentencia en una lengua – portugaliano, deutsh, englishe, francian, espanian – eta, ondoren, bat “joker hizkuntza”, hizkuntza berri bat aldi bakoitzean, a italian edo russian non errepikatuko ditu I 2 eta 4 aldiz hasita, “tamaina” arabera bezalako hizkuntza “handiak” batzuk izan ezik – EUS (basque) – and then a “joker language”, every time a new one, except a few “big” languages like italian or russian ware i will repeat it from 2 to 4 times, depending on the number of speakers. The joker language will be immediately translated to (normal) english.

(weiterlesen …)

BR – LIÇÃO A – ARGENTINA

0

RICOS POBRES

Depois de uma longa pausa, eu retomo o blog. Eu vou comessar a apresentar meus sistemas linguísticos. Se você não se interessar pelo aspecto linguistico, você pode simplesmente pular a parte em cursivo no começo.
Primeiro eu vou apresentar o brazileis. De vez em quando eu vou apresentar uma mudança que nem aparece no texto, mas vai sem dúvida aparecer no próximo, ou no próximo do próximo. Em todo caso, antes de a gente começar , a gente vai fazer algumas simplificaçoes básicas:
- o til desaparece, normalmente sem que se mude nada, a nao ser em palavras com mais de uma sílaba que terminam em ã, onde um N é adicionado ao A: A partir de amanhan as maes nao vao mais comer pao com a mao.
– acentos desaparecem de monossílabos que nao tenham a funçao de dizer se a vogal é aberta ou fechada, e também em sílabas antes de sílabas que tenham a combinaçao -IC e -VEL (que mais tarde vai ser escrita -VIU): -Ce da pra mim? Logico! (talvez ela tenha dito, “Bom, mas primeiro tu tem que arrumar a bagunça nesse meu apartamento e lavar toda aquela roupa”, mas daí nao teria exemplo de acento eliminado)
– o ce-cedilha é substituído por S (depois de consoante) ou SS: O desgrassado dansou, tomou cachassa e fez bagunsa a noite toda.
– formas coloquiais viram oficiais: eu vi ele, eu tou aqui, ce vem amanhan?
Os países vao ser apresentados em ordem alfabética. Eu ainda nao tive no Afeganistao, o nome da Albânia no original é Shqiperia, e aqui o que vale sao os nomes originais, entao a gente só vai chegar na Albânia quando chegar no S. Na Argélia eu ja tive, mas a história que comessou la se passou em grande parte no Niger, entao eu conto quando a gente chegar no Niger. E a Andorra, bom, eu ja tive la, mas nao ha muito o que contar, é um país minúsculo, que fala català, una língua as vezes parecida com el francès, a vezes com el espanhol, a vezes com el portuguès, i rarament parecida com el xinès. É un país on els espanhols i francezes van fazer compres, el país es una mistura de shopping center com resort d’esqui. Da Angola eu só conhesso o aeroporto, e de Antigua e Barbuda eu nao tenho a menor ideia, eu só sei que o país é no Caribe, a grande maioria da populassao é negra e o país tem uma renda per capita mais alta que a brasileira. E faz muito tempo que isso é assim. Bom, entao o primeiro país do qual eu posso falar é a Argentina.

 

***

Os argentinos pensam que sao melhores que os outros. E o pior é que eles sao mesmo, (weiterlesen …)
Go to Top